Entenda como funciona o Google Tag Manager (GTM)

Google Tag Manager (GTM) é uma ferramenta do Google desenvolvida para automatizar a inserção de tags em sites e gerenciá-las. Deste modo, é possível monitorar o número de visitas, sem gerar um trabalho extra. Quer saber mais sobre o GTM? Continue nos acompanhando!

Google Tag Manager: Principais características

Conforme dissemos, o Google Tag Manager é uma ferramenta que gerencia a inserção de tags em sites. As tags são definidas como scripts, adicionados ao código do site. Geralmente, elas possuem a função de acompanhar algum tipo de atividade dos visitantes.

Assim sendo, quando esse script é utilizado, é possível controlar as métricas de número de visitas, tanto no site, quanto em páginas específicas. As possibilidades costumam ser amplas, e vão além de um simples monitoramento.

A ferramenta também é capaz de dar suporte para que sejam aplicadas outras técnicas, tais como o remarketing, do Google Ads e do Facebook Ads. Neste caso, para monitorar os produtos que um usuário buscou em seu e-commerce, e gerar anúncios de remarketing, quando ele navegar pela rede de display.

Acionadores e variáveis

Além das tags e dos scripts, fixados no código para fazer a coleta das métricas, também existem outros dois elementos fundamentais que englobam o Google Tag Manager, sendo eles: os acionadores e as variáveis.

Os acionadores possuem a missão de estabelecer as condições para que uma tag seja ativada. Por exemplo, quando o usuário clicar em um banner ou cabeçalho, passará a funcionar uma tag de rastreamento, coletando as métricas.

Por sua vez, as variáveis são feitas para incorporar mais condições de acionamento. Isto significa que elas entregam outros parâmetros de monitoramento junto das tags. Basicamente, é como se este recurso funcionasse como um acessório, gerando códigos para acompanhamento do Analytics.

Por que utilizar a ferramenta?

O profissional de marketing já apresenta uma rotina bastante corrida, seja com a parte de estratégias ou demandas operacionais. O processo de adicionar scripts nos sites, é um trabalho complexo, caso não haja o suporte correto. Assim, o Google Tag Manager se apresenta como uma solução.

Além disso, a ferramenta também facilita, consideravelmente, a maneira como as tags rastreiam as métricas aplicadas. Uma prática de marketing muito mais simples.

E por fim, o rastreamento das atividades do usuário dentro do site também pode gerar uma base de dados, para ajudar a entender por quais produtos ele se interessou. A partir disso, é possível gerar ações como o remarketing.

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário abaixo e compartilhe! Aproveite e confira mais informações em nosso blog.

melhore-sua-autoridade-na-internet-para-medicos
Web Hosting
analise-gratuida-de-marketing-digital

Entre em Contato

× Fale conosco