Funil de vendas: como funciona?

Se você pudesse duplicar suas vendas pela internet, e gerar mais tráfego e leads para a sua empresa, qual estratégia utilizaria? Talvez, o funil de vendas seja uma solução, pois é considerado um divisor de águas para diversas empresas, e quando bem definido e monitorado, ele é capaz de gerar novos clientes. No post de hoje, falaremos mais sobre o assunto. Para saber como ele funciona, continue nos acompanhando!

Afinal o que é o Funil de vendas?

O funil de vendas, conhecido também como pipeline, é caracterizado por ser um modelo estratégico que mostra toda a jornada percorrida pelo cliente, desde o primeiro contato com a sua empresa, até a realização da venda, ou além dela. Em uma forma mais fácil de se falar, é a representação do caminho que o cliente faz até chegar a compra final.

A compra em si não é um processo homogêneo, porém, ela acontece por etapas, pois durante o processo, o cliente ainda passa por diversos momentos, que poderão revelar o quão próximo ele está de efetuá-la.

Temos então o momento em que ele ouve falar sobre a solução pela primeira vez, a compra efetuada, a recomendação que ele fará para outras pessoas.

Um exemplo é quando o cliente acabou de saber sobre seu produto. Ele com certeza estará menos pronto para comprar, do que aquele que já havia visto até as avaliações no seu site.

Desta forma, para determinar o nível de maturidade do cliente, principalmente com relação à compra, foram determinadas algumas etapas. Confira a seguir!

As etapas do funil de vendas 

Topo do funil

Aprendizado e descoberta. Esse é o objetivo do ToFu, ou topo do funil, conhecido como a etapa da consciência, ou seja, quando a pessoa ainda era indiferente à sua necessidade ou problema a ser resolvido, e não buscava nenhum produto ou serviço, justamente porque ainda não conhecia essa demanda. Mas, após o primeiro contato com a sua empresa, ela compreende que existe uma importância e vai procurar saber sobre isso.

Esse é o momento de fornecer materiais que ajudem esse possível cliente a diagnosticar o problema, compreendê-lo por completo, e te procurar quando ele precise solucionar essa questão.

Meio do funil 

Reconhecimento e solução. O meio do funil define a passagem da primeira etapa para a segunda, quando o futuro cliente já visitou o seu site, e admitiu que precisa do seu produto ou serviço. Assim, ele buscará maneiras de solucionar o problema.

Neste momento, devem ser apresentadas a ele as melhores dicas e técnicas para ajudar nesta tarefa, e é nesta etapa que, geralmente, é preciso lidar com os leads, que nada mais são do que as pessoas que já interagiram com o seu conteúdo, e forneceram informações de contato para acessar o seu site.

O lead não sabe muito bem como resolver seu problema. Por isso, ele irá considerar diversas soluções, até mesmo a compra de um serviço. E a sua missão será deixar claro que o seu objetivo é convencê-lo de que não quer vender para ele a todo custo, mas sim ajudá-lo. Assim será possível estabelecer uma relação de confiança para a próxima etapa.

Fundo do funil

Para finalizar, no fundo do funil, chamado também de BoFu, temos o MQL (Marketing Qualified Leads) que são os leads que passaram pelos processos anteriores, e que o marketing classificou como prontos para receber o contato do vendedor.

O MQL já sabe que tem um problema que precisará de solução, e que não conseguirá resolver sozinho, precisando assim de um serviço.

Se você seguiu até aqui com todo o processo, de forma correta, já é conhecido como referência de mercado e uma empresa que os leads podem confiar para negociar.

Esse é o momento de mostrar que você pode ajudar e será um grande parceiro!

Gostou do post de hoje? Deixe seu comentário abaixo sobre o tema.

melhore-sua-autoridade-na-internet-para-medicos
Web Hosting
analise-gratuida-de-marketing-digital

Entre em Contato

8 + 8 =

× Fale conosco