Os impactos do Coronavírus: Estratégias de marketing digital para enfrentar a crise

Já fazem algumas semanas que o Brasil foi tomado por uma nova rotina, devido ao Coronavírus. A pandemia já vem mudando as atividades de muitas empresas, e a pergunta que fica é: como o Covid-19 irá impactar o empreendedorismo brasileiro, e o que devem fazer as empresas para enfrentar a crise? Existem algumas estratégias de Marketing Digital que podem ajudar, afinal, as pessoas estarão mais conectadas do que nunca!

Vamos falar um pouco sobre este assunto. Sabemos que, muitas coisas podem mudar ao longo dos dias, então nos baseamos em tudo o que foi determinado até aqui.

Acompanhe a seguir!

Como se adaptar neste período?

Algo que durante este período afetará muitos negócios digitais, é a diminuição na busca por um produto ou serviço, que até vem sendo visto como normal, se considerarmos a situação.

Mas, segundo especialistas em Marketing Digital, será muito difícil alguma empresa sair ilesa desta crise.

Isso porque, pela observação do Google Trends, serviço do Google que mostra as tendências e buscas na internet, é possível dizer que as buscas estão voltadas para o ‘Coronavírus’, ou seja, muitas empresas, como as de turismo, por exemplo, não terão praticamente nenhuma busca, uma vez que com a pandemia, muitas viagens estão sendo canceladas.

Mas, aquelas empresas que ainda estão com o pé na frente, precisam tentar, de alguma forma, se destacar, buscando estratégias de marketing digital para que sua empresa possa enfrentar a crise da melhor forma possível.

Estratégias de marketing que podem ajudar

Se antes a internet já era importante para os negócios, agora ela se tornou a única alternativa para muitos. Estar conectado aos clientes é mais importante do que nunca, e o Marketing digital pode ajudar justamente nesse processo.

Listamos abaixo 5 dicas de como utilizá-lo a favor da sua empresa em tempos de crise.

1 – Procure investir em presença digital

Antes de pensar nas estratégias, é importante avaliar a maturidade da sua empresa na internet, ou seja, se ela já está nas redes sociais. Por exemplo, se a empresa ainda não tem um site, este é um bom momento para criá-lo.

2 – Conhecer bem o seu público

É necessário conhecer os clientes e seguidores antes de definir qualquer estratégia. Isso vai desde mapear as redes sociais, até avaliar e conhecer seus hábitos e preferências. Assim ficará mais fácil desenhar as estratégias e definir os canais e linguagem adequada. Vale a pena recorrer a uma outra ação: fazer perguntas a eles para descobrir.

3 – Oferecer conteúdo de valor

Neste momento, as pessoas estão buscando um pouco de conforto, por isso, é o momento de fortalecer a marca e o relacionamento com o público, através de conteúdos relevantes e sem intenção de venda imediata. Por exemplo, o dono de uma academia pode continuar seu trabalho fazendo lives e postar aulas no Instagram, porque seus clientes não deixaram de ser clientes.

4 – Humanizar a sua marca

Compartilhe os bastidores do seu negócio! Isso ajudará a se conectar melhor com os clientes. Um exemplo, no caso de restaurantes atendendo por delivery, é importante mostrar os cuidados que têm sido tomados na cozinha para evitar contaminações.

5 – Investir na geração de leads

Os leads podem ser definidos como pessoas ou até empresas, que entraram em contato e possuem potencial para se tornarem clientes, mesmo que não fechem negócio, eles poderão gerar resultados no médio e longo prazos. Você poderá construir um relacionamento oferecendo algo de valor e conteúdo de qualidade, mesmo em meio a essa fase de crise.

O que achou do nosso post? Deixe o seu comentário!

melhore-sua-autoridade-na-internet-para-medicos
Web Hosting
analise-gratuida-de-marketing-digital

Entre em Contato

× Fale conosco