Quais as diferenças entre retargeting e remarketing?

Muitos profissionais que trabalham com marketing digital não sabem, mas apenas 2% dos visitantes do site de uma determinada marca, se convertem em clientes. Através deste dado é possível concluir que nem sempre o público estará pronto para fechar negócio. Mas, existem algumas formas de impactá-los e aumentar suas chances de conversão.

Para melhorar este cenário, o segredo está em saber direcionar uma publicidade altamente segmentada, para que ela atinja as pessoas certas, mais especificamente as que chegaram ao seu site, mas não compraram nada.

Todo esse conceito está relacionado ao retargeting e ao remarketing. Você sabe diferenciar cada um deles? Neste post, iremos esclarecer as diferenças entre os dois termos. Continue nos acompanhando!

 

O que é o Retargeting?

O retargeting é uma estratégia com o objetivo de manter o controle das pessoas que visitam o site, para que posteriormente, sejam exibidos anúncios enquanto elas navegam por outros sites online. Basicamente, será o histórico de navegação transformado em publicidade.

Muitas pessoas veem um anúncio ou pesquisam um produto, mas não compram logo na primeira vez, e o retargeting ajudará a resolver esta questão, ou seja, buscará o aumento na conversão de clientes da melhor forma.

Tecnologias como o pixel do facebook são empregadas para detectar o comportamento do visitante ao passar pelo site, para que suas características sejam identificadas com precisão. Assim, poderão ser exibidos anúncios dos seus produtos para alguém no Facebook, porque esta pessoa visitou seu site apenas uma vez.

 

E o remarketing, o que é?

Existem alguns casos onde o termo remarketing é utilizado para se referir a todas as estratégias que visam atingir o público com ofertas direcionadas, incluindo o retargeting.

Porém, por trás do remarketing existe a ideia de envios condicionais de e-mails, baseados em critérios pré-determinados. Por exemplo, quando um cliente potencial já inseriu um item no carrinho do e-commerce, mas fechou o site, ele poderá ser impactado por uma campanha de remarketing, ou seja, será gerado um e-mail automático, que relembre o visitante de que os produtos que ele deseja ainda estão disponíveis para a compra, oferecendo, inclusive, um cupom de desconto a fim de convencê-lo.

O objetivo do remarketing é, portanto, aproveitar as ações desempenhadas no site, e impactar novamente o cliente, levando-o à conversão. Por isso, é fundamental contar com os principais métodos de captação de dados para saber qual é o comportamento do consumidor visitante do site.

 

Conclusão

O principal ponto que diferencia o retargeting do remarkting é o método utilizado para atingir o cliente em potencial. Enquanto o retargeting utiliza a mídia paga, como anúncios em redes sociais e Google, o remarketing se refere aos métodos que envolvem e-mail e alguma ação que o usuário do site desempenha.

Veja mais: Como criar um plano de marketing arrasador.

Agora que você já sabe quais são as diferenças entre remarketing e retargeting, e como funciona cada uma, o que você acha de implementar alguma dessas duas táticas em seu site? Experimente!

melhore-sua-autoridade-na-internet-para-medicos
Web Hosting
analise-gratuida-de-marketing-digital

Entre em Contato

WhatsApp Fale por Whatsapp