Remarketing, sonho ou pesadelo?

Com certeza você também, já deve ter sido bombardeado por aqueles anúncios de produtos que chegou a visitar na internet, mas não comprou. Insistentes, coloridos, chamativos e perseguidores, esses anúncios fazem parte da estratégia de remarketing. Alguns adoram, outros detestam, e assim, você pode ficar na dúvida se, afinal, o remarketing é um sonho ou um terrível pesadelo. Descubra agora.

Ninguém está anônimo na internet

Ainda há quem acredite que pode navegar pela internet sem ninguém saber seu nome, endereço ou então as coisas que faz por aí. Essa é uma ilusão de pessoas ainda ingênuas sobre a extensão do alcance que a internet tem de nossa vidas.

Não somos anônimos na internet, não passamos despercebidos em lugar algum, e tudo que fazemos fica registrado em algum lugar. Se você usa o GPS do seu celular ou o Google Maps, por exemplo, cada passo que der e cada ponto onde parar, serão registrados na rede.

Isso sem falar de todos os dados que inserimos em inúmeros sites, permissão de localização, compras que realizamos, a exposição nas redes sociais entre muitos e muitos outros casos.

É assim que o remarketing chega até você, utilizando dados que são arquivados no seu computador ou celular. Esses dados favorecem o sistema te encontrar em determinados sites onde a propaganda será exibida mais uma vez.

É por isso que o remarketing, para muitas pessoas, é considerado uma grande invasão, já que ele observa os produtos que você visita, registra dados da sua máquina e depois te encontra na internet através desses dados.

A vantagem do remarketing para o seu negócio

Quem trabalha com negócios pela internet ou possui um e-commerce, tem no remarketing um grande aliado. Isso porque ele encontra aquele cliente em potencial que viu o seu produto mas não comprou da primeira vez.

Atua como um lembrete e facilita para o internauta relembrar em qual site tinha visto aquele celular com um preço bom, etc., etc. Assim você tem mais chances de vendas e consegue capturar mais clientes.

Quando o remarketing pode ser um tiro pela culatra

Ao mesmo tempo o remarketing pode ser o seu grande vilão. Isso porque, como te disse antes, algumas pessoas sentem sua privacidade invadida por essa estratégia. Afinal, ela realmente parece uma espiã e perseguidora.

Assim, se você não souber dosar o uso do remarketing pode acabar tendo efeito contrário daquilo que espera. Ao invés de atrair clientes para seu site através da simpatia, os espantará pela antipatia que vão criar pela sua loja.

É fácil de entender. Pense no remarketing como um vendedor. O vendedor está ali para ajudar, pra mostrar opções de produtos, de preços, tirar dúvidas, entre outros mais.

Porém, há também aqueles vendedores chatos, que querem empurrar um produto a todo custo, que não sabem a hora de parar de amolar o cliente. O resultado: quando você sabe que uma loja tem alguém assim, você nem entre nela.

O remarketing, quando abusivo e muito insistente, pode ser visto pelo cliente como um vendedor chato e inoportuno. Isso fará com que o cliente busque outra loja, onde se sinta mais a vontade. Em termos de internet, ele evitará entrar no seu site para não receber mais sua propaganda.

O que podemos entender com tudo isso

O remarketing pode ser sua grande estratégia para aumentar suas vendas e trazer de volta clientes sumidos, porém, apenas se for utilizado com moderação.

Bombardear seu visitante com inúmeros banners a todo hora e onde quer que ele vá é um ponto negativo para seu negócio. Você não conseguirá ganhar a simpatia dele com isso.

Para que o remarketing seja o seu sonho, ele não pode ser o pesadelo do seu cliente. Então, encontre um equilíbrio onde ele te dê resultados positivos, mas sem invadir a privacidade das pessoas.

melhore-sua-autoridade-na-internet-para-medicos
Web Hosting
analise-gratuida-de-marketing-digital

Entre em Contato

WhatsApp Fale por Whatsapp